Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Somente em TED

Ouvidoria da Mulher da OABRO atende advogadas e mulheres da sociedade vítimas de violência doméstica

Página Inicial / Ouvidoria da Mulher da OABRO atende advogadas e mulheres da sociedade vítimas de violência doméstica

A Ouvidoria da OAB visa adotar medidas concretas no enfrentamento à violência doméstica e ao feminicídio e se destaca por atender tanto mulheres da sociedade em geral como advogadas

A OAB Rondônia tem realizado ao longo dos últimos dois anos, diversas ações e campanhas de enfrentamento e combate à violência contra a mulher. Uma delas, foi a criação da Ouvidoria da Mulher, um canal de atendimento em que todas as mulheres de Porto Velho podem realizar denúncias de violência doméstica. A Seccional Rondônia se destaca por ser a única no Sistema OAB que atende tanto mulheres da sociedade em geral, como as advogadas, no enfrentamento a esse problema em todo os país, especialmente em Rondônia onde os números só crescem.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os números oficiais da violência doméstica em Rondônia apontam uma alta durante a pandemia. No contexto geral, a pesquisa mostra que os registros nas delegacias caíram 9,9% nas agressões em decorrência de violência doméstica; os chamados para o 190, tiveram uma alta de 3,8% nos acionamentos da Polícia Militar (PM); e os casos de feminicídios, em comparação à 2019 e 2020, no primeiro semestre subiram de 636 para 648 vítimas.

O presidente da OABRO, Elton Assis, pontua que os índices de violência contra a mulher cresceram, principalmente durante todo o período de isolamento social. “As mulheres, além de enfrentarem as consequências da pandemia, têm que facear a violência doméstica, pois, na grande maioria das vezes, o agressor está dentro de casa. É fundamental que ações concretas e políticas públicas sejam feitas, pensadas e idealizadas para que os altos índices de violência doméstica e feminicídios diminuam. É para isto que a OABRO trabalha”, diz.

Para a ouvidora-geral e secretária-geral adjunta da OABRO, Aline Corrêa, o trabalho da Ouvidoria da Mulher está sendo imprescindível na luta contra a violência doméstica. “Em 2020 trabalhamos para que as mulheres se sentissem acolhidas e dispostas a denunciar. Com isso, atuamos arduamente nas 35 denúncias de mulheres que nos procuraram, sendo 34 da sociedade e 1 de advogada, cada uma com seu devido encaminhamento. Em 2021, nossas ações não irão sessar, continuaremos fortes e militantes na causa”.

Como acessar o canal e fazer denúncias

O canal da Ouvidoria da Mulher está disponível no site oficial da OABRO, clicando AQUI, ou na página principal da OAB (www.oab-ro.org.br) que também possui um acesso rápido para a Ouvidoria.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

Nenhum evento próximo encontrado.
Márcia Cristina ,Josué Henrique,David Lukas / Whatsapp (999610279) responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia,Daniele Matos responsáveis

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo Marques,Shirley Vasconcelos responsáveis

Ana Cristina,Taciana Guzman,Maria Odete,Queli Cristina responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

Jessica Delai,Daniele Matos responsáveis

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa Carneiro,Irlene França,Rosa Brilhante responsáveis

Elen Rodrigues,Jane Paulino responsáveis

69 3217-2123 telefone