Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Em visita ao TJ, OAB/RO reitera demandas da advocacia e solicita apoio à campanha ‘Mero aborrecimento tem valor’

Página Inicial / Em visita ao TJ, OAB/RO reitera demandas da advocacia e solicita apoio à campanha ‘Mero aborrecimento tem valor’

Reunião aconteceu na sede do TJRO.

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) realizou, na segunda-feira (3), uma visita institucional ao presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO), desembargador Walter Waltenberg da Silva Júnior, para reiterar demandas da advocacia. Na ocasião, os representantes da Seccional também solicitaram o apoio do Judiciário à campanha ‘Mero aborrecimento tem valor’, uma mobilização encampada pela OAB nacional.

O presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante, participou da reunião acompanhado pelo secretário-geral da OAB/RO, Márcio Nogueira; o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Seccional Rondônia, Gabriel Tomasete; a presidente da OAB Jovem, Larissa Rodrigues; o representante do CFOAB e procurador nacional adjunto de defesa das prerrogativas da OAB, Raul Fonseca; a vice-presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas da Seccional (CDP), Marisselma Mariano; e o secretário-geral da CDP, Pedro Henrique de Macedo Pinheiro.

Andrey Cavalcante salientou que a OAB/RO é parceira do TJRO em relação a campanhas que visam melhorias à advocacia e à sociedade como um todo. “Para nós, é uma satisfação sabermos da boa relação que temos entre a Seccional e o TJRO. Os assuntos institucionais tratados, como esta mobilização nacional, são demandas de relevância para o exercício da advocacia e, principalmente para o jurisdicionado”.

Andrey Cavalcante e Walter waltenberg.

O secretário-geral da Seccional, Márcio Nogueira, pontuou que a campanha é de extrema relevância, uma vez que é uma mobilização do Conselho Federal da OAB e de todas as Seccionais. “Essa iniciativa visa mobilizar visitas aos Fóruns, às turmas recursais, aos juizados especiais e aos tribunais de Justiça. Por isso, quisemos trazer ao conhecimento do presidente do TJ”, disse

A presidente da OAB Jovem de Rondônia, Larissa Rodrigues, afirmou se tratar de uma mobilização essencial. “Quem sofre é o jurisdicionado, que mesmo tendo sido prejudicado, acaba tendo seu direito violado. Essa situação apenas torna empresas mais negligentes em relação aos consumidores”, disse.

Representando o CFOAB, Raul Fonseca, salientou que não temos um Judiciário perfeito, mas que tudo se alinha com diálogos. “Nossa intenção é justamente essa sensibilizar aqueles membros do Judiciário que ainda adotam uma postura conservadora, vamos dizer assim, em relação a essa questão do mero aborrecimento. Muitas vezes o que é mero aborrecimento para mim para outra pessoa pode ser uma coisa horrorosa e só quem perdeu tempo em bancos, situações de cobranças indevidas é que sofre. Portanto, nossa campanha é muito propositiva e de maneira nenhuma de enfrentamento”, destacou.

Gabriel Tomasete destacou que de forma resumida a OAB trouxe um parecer que é fundamental em mais de cem decisões judiciais no país inteiro, no qual teve um trabalho árduo para chegar até ele. “É uma campanha nacional na qual pretendemos cada vez mais tentar inverter esse quadro para que haja maior respeito aos consumidores no país todo. Uma vez que alguns juízes adotam essa “tese” de mero aborrecimento e com isso desqualifica um dano que o consumidor teve”, frisou.

Marisselma Mariano frisou que está maravilhada porque este movimento está sendo feito com muito amor. “Todos nós estamos nos mobilizando nesta campanha para defender os direitos dos consumidores”, destacou.

O secretário-geral da CDP, Pedro Henrique de Macedo Pinheiro, salientou o prazer em estar presente na reunião ajudando a classe. “Queremos sensibilizar o Poder Judiciário de que o dano moral não pode ser banalizado em mero aborrecimento”, pontuou.

Campanha
A iniciativa é encampada pelo Conselho Federal da OAB, por meio da Comissão Especial de Defesa do Consumidor e tem como objetivo denunciar e propor uma reflexão mais aprofundada sobre o problema. Visa ampliar a discussão do assunto com a advocacia e o Poder Judiciário e demonstrar os impactos reais desse entendimento na sociedade de consumo.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

Mateus Brasil responsável

69 3217-2122 telefone
Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia responsável

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo MarquesShirley Vasconcelos, responsável

Ana Cristina, Amabile Casarin,Sarah Silva,Taciana Guzman, responsável

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

69 3217-2110 telefone
Jessica Delai responsável

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa CarneiroIrlene França,Rosa Brilhante, responsável

Elen RodriguesJane Paulino, responsável

69 3217-2123 telefone