Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Somente em TED

OAB oficia à Politec visando tratamento igualitário para a advocacia no Instituto de Criminalística

Página Inicial / OAB oficia à Politec visando tratamento igualitário para a advocacia no Instituto de Criminalística

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OABRO) encaminhou ofício direcionado à Superintendência de Polícia Técnico-Científica (Politec) solicitando providências no sentido de assegurar tratamento e atendimento igualitário entre advogados, membros do Ministério Público, da Defensoria e da Magistratura.

Isso porque, em março deste ano, a Comissão de Defesa das Prerrogativas (CDP) da OABRO foi acionada por um advogado que se encontrava no Instituto de Criminalística de Porto Velho, e no local, os servidores estariam se negando a receber o ofício por ele redigido na representação de um cliente.

Conforme o presidente da CDP, Felippe Pestana, o protocolo de ofício seria desdobramento de determinação contida em ata de audiência proveniente de processo judicial e o teor correspondia a entrega de um celular para perícia. Na ocasião, servidores teriam informado que o Instituto não recebe advogados, mas somente representantes de órgãos públicos como Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública.

Segundo o presidente da OABRO, Elton Assis, impedir que a parte processual, por seu advogado, protocole um documento em órgão público e que receba a sua via com respectivo comprovante de entrega, denota um agir divorciado da legalidade. Para ele, também chama a atenção o fato de os servidores do Instituto de Criminalística informarem que não recebem documentos de advogados, mas somente de membros da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria.

Em ofício encaminhado à Superintendência de Polícia Técnico-Científica (Politec), Elton Assis solicita reunião institucional com o intuito de encontrar soluções cabíveis para o problema, dar uma resposta efetiva para a advocacia, inclusive com o repasse de orientações adequadas. Também no sentido de promover o tratamento igualitário a todos que procuram o atendimento no Instituto de Criminalística, evitando prejuízos às partes.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

Nenhum evento próximo encontrado.
Márcia Cristina ,Josué Henrique,David Lukas / Whatsapp (999610279) responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia,Daniele Matos responsáveis

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo Marques,Shirley Vasconcelos responsáveis

Ana Cristina,Taciana Guzman,Maria Odete,Queli Cristina responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

Jessica Delai,Daniele Matos responsáveis

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa Carneiro,Irlene França,Rosa Brilhante responsáveis

Elen Rodrigues,Jane Paulino responsáveis

69 3217-2123 telefone