Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Elton Assis participa de debate no encerramento da Semana Jurídica da Uniron

Página Inicial / Elton Assis participa de debate no encerramento da Semana Jurídica da Uniron

Ouça a versão em áudio

A faculdade Uniron encerrou na última sexta-feira (11), a XVI edição da Semana Jurídica”. Para o encerramento, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), Elton Assis, foi convidado para debater o tema: Ativismo Judicial x Estado Democrático de Direito. O debate foi entre o presidente da OAB/RO e o coordenador do curso de Direito da Uniron, Cesar Augusto Freitas Jacques.

Em suas considerações iniciais, após a apresentação do coordenador do curso de direito, Elton Assis fez um contextualização histórica a respeito da elaboração da Constituição Federal de 1988 e salientou: “temos uma belíssima Constituição,  baseada em elementos importantíssimos como o princípio da dignidade da pessoa humana, o direito a liberdade, direito a propriedade, os direitos sociais e a máxima efetividade de nossa Constituição”.

Continuando, Assis destacou os pontos positivos e negativos do Ativismo Judicial, assunto que na sua visão, deve ser amplamente debatido junto a sociedade. Entre um dos principais pontos negativos, e que está na contramão da Constituição, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de determinar a prisão de cidadãos mediante condenação de segunda instância. Aproveitou para citar que a OAB ingressou no STF sobre esta decisão.

“Há um número significativo de condenações de segunda instância que são reformadas pelos tribunais superiores, o que causa traumas e graves problemas às pessoas que ficaram segregadas enquanto perdurou a condenação. Para a Ordem dos Advogados do Brasil, a prisão só pode ocorrer a partir de decisão transitada em julgado”, falou o presidente com bastante ênfase.

Entre os pontos positivos do Ativismo Judicial, Assis pontuou que, muitas vezes em razão da omissão do Poder Legislativo é necessário que o Judiciário venha a efetivar esse controle, para regular temas que caberiam ao Legislativo, como a cota às universidades, reconhecimento das famílias homoafetivas, a regulação das greves no âmbito do serviço público, entre outros avanços.

“Em todos os casos citados, ante a omissão do Congresso Nacional, veio o Judiciário que regulou, promoveu avanços e supriu essa inércia. Portanto, precisamos ter muito cuidado com relação a essa questão e estabelecer uma discussão no sentido de que o Ativismo Judicial só pode ser feito a partir de uma omissão e para garantir avanços para a sociedade. Mas não como um alto fortalecimento do Poder Judiciário frente aos Poderes Executivo e Legislativo”.

Ao final da explanação do presidente da OAB/RO, seguiu-se o debate e esclarecimento de dúvidas pelos debatedores aos acadêmicos. Assis aproveitou para falar sobre o papel social da OAB, da importância da Advocacia para a promoção da justiça e anunciou que a OAB está cada vez mais próxima dos acadêmicos de Direito para prepará-los a enfrentar o Exame de Ordem e acolhê-los quando de sua inscrição na OAB.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

4 Dez
14h e 15h
próximo evento

Sessão do TED

Auditório OAB/RO

R. Paulo Leal, 1232-1300 - Nossa Sra. das Graças, Porto Velho - RO, 76804-128

local
32172123 mais informações
Matheus Santos Brasil responsável

69 3217-2122 telefone
Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia responsável

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo MarquesShirley Vasconcelos, responsável

Ana Cristina,Taciana Guzman,Sarah Silva,Maria Odete,Viviane Paes, responsável

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

69 3217-2110 telefone
Jessica Delai responsável

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa CarneiroIrlene França,Rosa Brilhante, responsável

Elen RodriguesJane Paulino, responsável

69 3217-2123 telefone