Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Somente em TED

OAB Rondônia pede afastamento de agentes de polícia por agressão a advogado

Página Inicial / OAB Rondônia pede afastamento de agentes de polícia por agressão a advogado

A Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil (OABRO) oficiou, nesta sexta-feira (26), o Governo do Estado de Rondônia; a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec/RO); a Diretoria Geral da Polícia Civil do Estado de Rondônia; e a Corregedoria Geral da Polícia Civil do Estado de Rondônia para enérgica apuração e adoção de medidas preventivas e punitivas aos agentes da Polícia Civil envolvidos na agressão contra um advogado no exercício legítimo da profissão, a fim de coibir novas práticas dessa natureza.

No pedido, a OAB Rondônia requereu em caráter de urgência a decretação do afastamento cautelar dos agentes envolvidos, com a abertura do consequente processo apuratório.

“Quando se agride um advogado dessa forma, está agredindo a sociedade brasileira, pois a advocacia é a voz do cidadão e a representante dele perante as leis e a justiça. A Constituição dispõe sobre essa essencialidade da advocacia em seu artigo 133, e a lei 8.906/94 criminaliza a violação das prerrogativas dos advogados, justamente para que ele tenha respaldo ao defender seu cliente. Assim, buscamos a devida apuração e punição daqueles que infringiram tais atos”, esclarece o presidente da Seccional, Elton Assis.

 Estatuto da Policia Civil do Estado de Rondônia

A punição aos oficiais baseia-se no Estatuto da Policia Civil do Estado de Rondônia (LC 76/1993), que em seu art. 40 cita que o agente policial responde civil, penal e administrativamente pelo exercício irregular de suas atribuições, em responsabilidade a ser apurada através de processos administrativo, a ensejar a pena de demissão quando se verificar a ocorrência de “ofensa física, em serviço, a servidor ou particular, salvo em legítima defesa própria ou de outrem” (art. 52, VII). E ainda há existência de pelo menos uma circunstância que agrava a pena, qual seja, ter praticado a transgressão disciplinar durante a execução de serviço policial (art. 66, II).

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

4 Dez
14h e 15h
próximo evento

Sessão do TED

Auditório OAB/RO

R. Paulo Leal, 1232-1300 - Nossa Sra. das Graças, Porto Velho - RO, 76804-128

local
32172123 mais informações
Márcia Cristina ,Josué Henrique,David Lukas / Whatsapp (999610279) responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia responsável

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo Marques,Shirley Vasconcelos responsáveis

Ana Cristina,,Taciana Guzman,Sarah Silva,Maria Odete,Elis Ramos responsáveis

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

69 3217-2110 telefone
Jessica Delai responsável

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa Carneiro,Irlene França,Rosa Brilhante responsáveis

Elen Rodrigues,Jane Paulino responsáveis

69 3217-2123 telefone