Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

Projeto “Ouvidoria da Mulher na Comunidade” é realizado em escola de Porto Velho

Página Inicial / Projeto “Ouvidoria da Mulher na Comunidade” é realizado em escola de Porto Velho

Ouça a versão em áudio

A secretária-geral adjunta e ouvidora da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), Aline Corrêa, participou, neste domingo (6), do projeto “Ouvidoria da Mulher na Comunidade”. O evento realizado na Escola Maria Francisca de Jesus, Zona Leste de Porto Velho, teve como objetivo levar à sociedade informações sobre o funcionamento da Ouvidoria da Seccional e o combate à violência contra mulher. A iniciativa contou com a parceria do Coletivo Multivozes.

Na ocasião, ocorreu um bate papo com a coordenadora da Comunidade Cidadã Livre (Comcil), Karen Diogo; a capitã da Polícia Militar (PM), Bárbara Munhoz; a professora do Departamento de Ciências da Educação da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), militante e ativista do feminismo negro, Rosângela Hilário; e a representante do Multivozes, Helena Santos, que também esclareceram muitas dúvidas da sociedade.

O presidente da OAB/RO, Elton Assis, conta que a entidade tem o papel constitucional de defender a cidadania. “O projeto é uma iniciativa extremamente importante para conscientizar toda sociedade que a Ordem está de portas abertas e atenta aos anseios da sociedade, bem como à disposição para lutar e defender a mulher da violência doméstica”, diz.

Aline Corrêa explicou que a princípio a Ouvidoria da Mulher atenderia apenas as advogadas, mas que decidiram ampliar o projeto para todas as mulheres que precisam do apoio. Ela ainda ressaltou e explicou a importância da Ouvidora da Seccional e da Corregedoria. “O projeto visa ouvir a mulher e saber se ela passa por algum tipo de violência e, assim, acolhê-la e orientá-la para que possa sair dessa situação”, explanou.

Karen Diogo parabenizou a realização do evento e conta que a Comcil tem como visão a informação como fortaleza para uma vida com qualidade e respeito com empoderamento das mulheres do Orgulho do Madeira.

Helena Santos conta que a iniciativa é uma das primeiras ações conjuntas da Seccional Rondônia com o Coletivo Multivozes, que visa a aproximação e o auxílio às mulheres que vivem ou já passaram pela terrível experiência de violência doméstica.

Para denunciar, basta acessar o site da OAB/RO (www.oab-ro.org.br) e clicar no ícone de acesso rápido da “Ouvidoria”, em seguida, escolher a opção “Ouvidoria da Mulher”.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

Mateus Brasil responsável

69 3217-2122 telefone
Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia responsável

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo MarquesShirley Vasconcelos, responsável

Ana Cristina, Amabile Casarin,Sarah Silva,Taciana Guzman, responsável

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

69 3217-2110 telefone
Jessica Delai responsável

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa CarneiroIrlene França,Rosa Brilhante, responsável

Elen RodriguesJane Paulino, responsável

69 3217-2123 telefone