Buscar em todo o site

Somente em agenda

Somente em comissões

Somente em galerias

Somente em publicações

Somente em setores

Somente em subseções

CMA da Subseção de Rolim de Moura implanta projeto de “Patchwork” na Casa de Detenção da região

Página Inicial / CMA da Subseção de Rolim de Moura implanta projeto de “Patchwork” na Casa de Detenção da região

Ouça a versão em áudio

A Comissão da Mulher Advogada (CMA) da Subseção de Rolim de Moura da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) implantou nesta quarta-feira (12), o projeto “Patchwork”, na Casa de Detenção da região. O objetivo é ofertar às reeducandas curso prático e teórico para a confecção de panos de copa em técnica de patchwork, para que as mesmas possam produzir produto com manufatura artesanal, que será colocado à venda para a população local. A iniciativa conta com a parceria do Conselho da Comunidade de Rolim de Moura.

A técnica de patchwork se resume em recortes de retalhos aplicados de maneira a formar uma determinada imagem que aplicados sobre o tecido de sacaria formam o patchwork.

O curso é o desenvolvimento de atividade laboral e de aprendizagem profissional, que objetiva promover a inclusão social e geração de renda, bem como oportunizar a remissão da pena as mulheres encarceradas sob o regime fechado na penitenciária. Atualmente a Casa de Detenção abriga 16 mulheres em situação de cárcere no regime fechado.

Para o presidente da OAB/RO, Elton Assis, a Ordem é a casa da cidadania e a iniciativa da Comissão foi importante para oportunizar as reeducadas uma terapia ocupacional que visa promover a ressocialização e a consequente reinserção delas ao convívio social.

O presidente da Subseção, Marcio Pereira, comenta que acompanhar a forma do cumprimento da pena dos reeducandos é compromisso de toda a sociedade e a Subseção juntamente com a CMA vem acompanhado as apenadas. “Primeiro fornecemos quites de higiene pessoal e agora esse curso que promoverá renda e o aprendizado de uma ocupação após cumprir a pena, garantindo sua reinserção social, escopo principal da pena privativa de liberdade.

A presidente da CMA de Rolim de Moura, Fabiana Cristina, conta que a ressocialização dessas mulheres depende de projetos de cunho social para se concretizar e foi pensando não só na ressocialização, como também na geração de renda, ocupação de tempo ocioso e atividade manual numa perspectiva terapêutica que o projeto foi criado.

Fonte da Notícia: Ascom OAB/RO

Mais Publicações

Acessos Rápidos

Mateus Brasil responsável

69 3217-2122 telefone
Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Ana Flávia responsável

69 3217-2112 telefone
Luana Maia responsável

69 3217-2108 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Jaqueline Freitas responsável

69 3217-2114 telefone
Alexia Alves responsável

69 3217-2113 telefone
Marcelo MarquesShirley Vasconcelos, responsável

Ana Cristina, Amabile Casarin,Sarah Silva,Taciana Guzman, responsável

Cristiane Lima responsável

69 3217-2112 telefone
Khenia Medeiros responsável

69 3217-2103 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2101 telefone
Elisângela Oliveira responsável

69 3217-2100 telefone
Leandra Nomerg responsável

69 3217-2110 telefone
Jessica Delai responsável

69 3217-2124 telefone
Daniel Nevony responsável

69 3217-2121 telefone
Isa CarneiroIrlene França,Rosa Brilhante, responsável

Elen RodriguesJane Paulino, responsável

69 3217-2123 telefone